Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sábado, 15 de abril de 2017

Tatuagens e Umbanda. Algum problema?


Nesta semana nos deparamos com um caso de um membro da casa que recentemente fez uma tatuagem em seu braço e por não ter sido avisado sobre algumas precauções á serem tomadas antes deste procedimento, acabou levando um puxão de orelhas de nosso guia mentor...
Aproveitando esta situação, se faz pertinente abordarmos este assunto que ainda gera tanta polêmica dentro de nossos terreiros, afinal muitas pessoas têm dúvida se a espiritualidade e os guias permitem tatuagens para o médium trabalhador. 
Á princípio, vale salientar que a nossa doutrina quase nada proíbe, no entanto, dota os médiuns de elementos para reflexão para que decidam conscientemente, valendo-se sempre de seu livre arbítrio. 
Jamais a utilização de tatuagens desmerecerá o caráter pessoal e mediúnico de uma pessoa, porém, óbvio que alguns tipos de tatuagens, com motivos funestos, eróticos ou macabros , vemos como inconvenientes e impróprios para um médium espírita.
De acordo com alguns relatos espírituais, pessoas que tatuam o corpo inteiro ou o enchem de piercings, são almas que ainda trazem resquícios vivos de encarnações em épocas bárbaras, quando bravos guerreiros se utilizavam desses artifícios para se impor frente aos adversários.
Eu particularmente penso que, antes de julgarmos qualquer pessoa, devemos tentar entender de forma integral e respeitar suas decisões e preferências, as imagens retratadas no corpo são conseqüências de seus pensamentos e, estes, resultado das crenças, experiências e visão de mundo, tudo é muito relativo até que se descubra como funcionam determinadas leis divinas. 
A doutrina espiritual não proíbe esclarece. 
Não condena, conscientiza. 
Não se coloca ‘em cima do muro’, mas mostra ao médium como construir e trilhar o melhor caminho, simples assim...
Uma tatuagem por si só, não faz um médium melhor ou pior, no entanto, nós zeladores (as), pais/mães de santo, devemos sempre tentar entender o que está por trás da vontade de fazer uma tatuagem, quais sãos os sentimentos, os anseios, as crenças daqueles que querem desenhar determinados símbolos?
É preciso compreender as razões que levam um médium tatuar desenhos macabros por todo o corpo, quando trabalha numa religião onde terá que prestar auxílio á pessoas extremamente carregadas de maus fluídos e justamente estes maus fluídos poderão encontrar afinidades malignas associadas á determinados desenhos .... 
Grande parte dos novos “Pais/Mães de santo de cursinhos e apostilas” desconhecem alguns detalhes associados á espiritualidade superior , justamente por isso não as transmitem aos seus filhos e filhas, gerando cada vez mais ignorância acerca de detalhes importantes de nossa mediunidade.
Outro detalhe importante á se lembrar em relação á tatuagens é que, durante o procedimento de desenho ou pintura de uma tatuagem (não importa o tamanho), o duplo etérico está sendo severamente castigado e perfurado, propiciando possíveis invasões ao corpo físico de larvas astrais que estavam colados no duplo etérico e não foram devidamente descarregados ou removidos antes da sessão de desenho, tornando a preparação do médium com banhos de descarga, passes e energizações essenciais antes destes procedimentos.
Vale lembrar que o pós tatuagem ainda requer alguns cuidados, já que a cicatrização física em alguns casos é mais rápida que regeneração do duplo etérico nas partes perfuradas, já que o duplo depende do tônus vibracional de cada um, podendo ter sua regeneração nas partes perfuradas de forma mais lenta ou rápida, mas sempre de forma particular e imprevisível, logo, aqui em nossa casa não permitimos o ingresso de médiuns ao culto com tatuagens muito recentes ou ainda abertas e sangrando.
Orientamos os médiuns aqui em nossa casa que, algumas tatuagens (gravuras) tais como: orixás, guias, pontos riscados, pontos cantados, saudações ou cumprimentos e demais gravuras alusivas á nossa religião, deverão ser feitas apenas com total certeza e comprovada filiação destes orixás e guias.
A umbanda não julga, porém entende que, com o amadurecimento, o espírito cultivará apenas os valores que nortearão sua verdadeira vida espiritual , tatuagens, piercings são práticas transitórias e por sua superficialidade, médiuns precisam de atenção ao utilizá-las.
Analisemos primeiramente o profundo para depois entender claramente o superficial, nunca invertam isso.. o certo e o errado; o bem e o mal nada mais são que experiências condizentes ou não com as leis naturais. 
Valorizar o corpo e a alma é bom, mas sempre é bom lembrar que nunca devemos priorizar o embrulho para desvalorizar o conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário