Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sexta-feira, 24 de março de 2017

A Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge é uma planta herbácea de origem africana.
Além do seu uso ornamental, as espadas-de-são-jorge são também conhecidas como plantas de proteção contra o mau-olhado.
De acordo com pesquisa científica, a espada-de-são-jorge limpa do ar: benzeno, metanal (formol), tricloroetileno, xileno e tolueno. E produz oxigenio durante a noite. Sendo assim, muito utilizada e conhecida como uma das plantas que purificam o ar.
Pelos motivos já citados, é recomendada como uma ótima planta para se ter em casa.
As folhas normalmente apresentam cor verde, com manchas em verde escuro e amarelo, podendo em certas ocasiões produzir pequenas flores em tom branco amarelado.

Como plantar e cultivar a Espada de São Jorge?
O primeiro passo é fazer a muda. Para isso, será necessário separar uma touceira que contenha pelo menos uma folha com um pedaço de rizoma.
Iremos então para o preparo do vaso (que fica a seu critério).
É importante forrar o fundo do vaso com argila expandida e recobri-la com manta bidim, pois essa combinação ajuda muito na drenagem das regas. Feito isso, preencha 1/3 do recipiente com areia peneirada pois ela evitará que o composto orgânico encharque a raiz e apodreça.
Coloque então sobre a areia, um pouco de composto orgânico (húmus de minhoca, compostagem de fundo de rio, entre outros) e compacte um pouco com as mãos. Adicione terra e posicione a muda, preenchendo as laterais com mais terra, de forma que a muda fique bem firme no centro do vaso. Não necessita de solo especial.
Preencha as laterais do vaso com cascas de pinus, que mantém a umidade e servem como matéria orgânica. Ajeite com a mão para que fiquem distribuídas por igual.
Outra forma de fazer mudas é cortar uma folha em partes com até 10 cm de comprimento e enterrá-las na areia úmida. Em seguida, cubra com um saco plástico para o substrato continuar úmido. Com este processo bem simples, as estacas emitirão raízes.
Adubações de reposição de nutrientes poderão ser feita uma vez ao ano, colocando uma colher de sopa do granulado adubo NPK 10-10-10 em cerca de 2 litros d’água, dissolvendo bem e regando a planta que deverá estar com o substrato úmido.
Quanto às regas, devem ser bem espaçadas, e sem excesso de água, pois isto pode levar ao apodrecimento das raízes. Antes de uma nova rega, é necessário se certificar de que a terra está seca.
O cultivo deve ser realizado a meia-sombra, que é a forma ideal, porém a espada-de-são-jorge suporta bem o contato direto com a luz solar.
A época ideal para o plantio é entre maio e julho.
Apresenta resistência a solos áridos e ao calor tropical, e também é capaz de suportar clima frio. É uma das poucas plantas capazes de suportar ar-condicionado e fumaça de cigarro, por isso elas são perfeitas para o paisagismo no interior da casa.
Por ser de fácil cultivo acaba se tornando uma planta ideal para as famílias que possuem uma vida corrida e não dispõem de muito tempo para cuidados básicos, como as regas frequentes.
Podem ser cultivadas em interiores com luminosidade de lâmpadas, desde que haja bastante claridade.
Vale lembrar que assim que as raízes preencherem todo o espaço do vaso, é necessário trocar a planta de recipiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário