Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Visitei um terreiro e a entidade não me conheceu, tem o mesmo nome e porque não é igual?

Quando falamos de Falanges, muitos não entendem o termo e alguns que tem algum conhecimento, muitas vezes quando perguntamos o que seria uma Falange respondem: são Gangues Espirituais.
Bom, o termo Gangue é um tanto quanto pejorativo, dá a impressão de uma turma de arruaceiros, algo maléfico, bagunça, anarquia, etc.. Então, para tentar entender o que seria uma Falange e como é a sua formação teremos que abstrair alguns conceitos humanizados. Por enquanto não podemos nos apegar a nomes de guias. Por que eu digo isso? Porque teremos a impressão de uma única entidade, e este é um assunto interessante e até mesmo confuso para muitos, pois quantos de nós já tomamos um passe com a entidade e perguntamos o seu nome, quando a entidade responde e já conhecemos informamos no mesmo instante: “ah tomei passe com o Sr. ou com a Sra. no terreiro tal, lembra-se?”. Pode acontecer da entidade lhe responder: “não me lembro”. Então você poderá achar que o médium é um fingidor, ou que o terreiro não presta, etc.. Inúmeros serão os pensamentos negativos com relação ao cenário de sua pergunta e à resposta da entidade. Mas, vamos esclarecer isso em conjunto com a atuação das Falanges. Pois bem, não podemos nos apegar aos nomes dos Guias justamente por isso, quando entramos em uma consulta com uma Entidade/Força na qual já tomamos um passe em outro centro, achamos que estamos diante da mesma Entidade/Força e para espanto de muitos pode ser que não. Ãh, como assim não estamos?! É isso mesmo, podemos não estar diante da mesma entidade, estamos diante de um mesmo nome de Entidade, mas não da mesma Entidade/Força daquele atendimento anterior. .. Vamos encarar o nome do Guia como se fosse uma especialidade profissional, certo? Vamos dizer que uma Entidade Exu-Catacumba, por exemplo, ocupasse um cargo de um médico Cardiologista. Então eu pergunto: no nosso plano material quantos Cardiologistas existem? Inúmeros, certo? Quantos médicos Cardiologistas já passamos em consultórios e depois encontramos o mesmo médico em um outro hospital? Poucos eu acredito, mas o mesmo acontece com o processo espiritual. Então, quando vamos ao terreiro tomar um passe com o Sr. Exu Catacumba e em visita a outro terreiro encontramos outro Exu-Catacumba, poderá sim, não ser o mesmo. Então alguns vão afirmar: ah, mas isso não é possível. Se não é possível eu pergunto: como explicar que dentro de uma mesma Gira podemos ter a manifestação da mesma Entidade/Força em vários médiuns diferentes? Desculpem a brincadeira, mas a Entidade sai correndo incorporando e desincorporando cada médiuns? Acredito que não. Então, isso é uma Falange.
No mesmo exemplo acima, teremos uma Falange de Exu-Catacumba, logo em uma gira voltada para esta Entidade/Força todos os médiuns vão incorporar o Sr. Exu-Catacumba, onde estaremos “usufruindo” de uma força que possui o seu poder firmado e assentado e que está chamando seus vários “profissionais” para trabalhar. Se não fosse desta forma, como teríamos os nossos Cultos Coletivos, na qual existem as manifestações de Ogum, onde inúmeras pessoas recebem Ogum ao mesmo tempo, onde inúmeras pessoas recebem Yemanjá ao mesmo tempo? Já pararam para analisar que ao mesmo tempo que ocorre o trabalho em sua casa, em seu terreiro, do outro lado da cidade está acontecendo uma Gira da mesma forma e que algumas entidades que estão trabalhando lá estão trabalhando no seu também? Por exemplo, um terreiro na Zona Norte de São Paulo está fazendo uma Gira de Esquerda e um médium é incorporante de Exu-Pimenta e na Zona Sul de São Paulo, ou seja, do outro lado da cidade existe um outro terreiro que um outro médium também é incorporante de Exu-Pimenta, então na visão humanizada um dos dois ficará sem o trabalho? Não, de forma alguma, porque existem as falanges. Serão chamadas as Entidades/Forças representantes das Falanges e direcionadas para os médiuns que deverão trabalhar com a força de Exu-Pimenta.
Há pouco tempo em um trabalho, eu observei um consulente perguntar ao médium incorporado no momento da consulta: o Sr. é o Exu Tranca-Ruas? Então a Entidade respondeu: não, sou o Exu-Toquinho. Logo, o consulente responde: É que eu achei que era o Sr. Tranca-Ruas, pois ontem eu tomei um passe com ele em outra casa e queria perguntar algumas coisas que não ficaram claras.
Não podemos pensar que existe apenas um Exu Tranca-Ruas, podemos dizer sim que existe apenas uma força que sustenta o Reino, o Trono, a Estrutura de Tranca-Ruas, mas que também são vários os seus representantes. Esta visão é humanizada e achamos que só poderá existir uma entidade, mas não é isso que a Falange nos permite. Este é o poder da Falange. Então quando for tomar o seu passe e questionar com relação ao nome do Guia ou da Entidade, lembre-se que está diante de um dos inúmeros representantes daquela força.

Nenhum comentário:

Postar um comentário