Páginas

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

É tempo de Ajudar !!!

É meu fio, mais uma lua vai se encerrando e as coisas não anda nada fácil tenho recebido orações e captado as energias dos filhos da terra muitos encontra-se desanimados. O fim deste ciclo o encerramento desta lua esta um pouco conturbado muitos preocupados e tristes pois não tem uma moeda para comprar o pão para colocar em sua mesa. Muitos não tem de aonde tirar as moedas.
Ando visitando muitas casas e em uma dessas visitas pude auxiliar uma Senhora o qual todas as noites se ajoelha e roga ao pai maior que lhe de apenas forças é saúde para enfrentar essa ciclo que se encerra. Eu de joelhos no chão junto com ela pedi a Oxalá para que a próxima lua que vai se inciar tudo volte ao seu lugar para aquela filha. Ali de joelhos e com lágrimas nos olhos a filha captou a minha energia e começou a agradecer a Oxalá falando que poderia ser pior se não estivesse com saúde não murmuro por não ter moedas e um pão apenas pediu a pai Oxalá para que ele e os guias espirituais não deixasse ela desanimar e fraquejar. O fim deste ciclo é momento de reflexão e momento de ajudar a quem precisa filho. Sim as coisas esta difícil para todos mas se você tem dois pães ofereça o outro a quem nada tem. Agradeça por ter dois pães e agradeça por poder dar o outro pão a quem precisa. E tempo de ajudar , e tempo de abraçar. A Caridade como preto velho diz vai além do espaço físico de um terreiro. A Caridade é um bem que nunca falha. Tantos filhos passando necessidades , tantos filhos na rua sem aonde morar vamos olhar para o outro com mais amor vamos colocar em pratica aquilo que aprendemos dentro de um terreiro e momento de ajudar e momento de levar a luz . Velho deixa essa Curimba vamos irradiar luz irradiar forças : Eu andava perambulando sem ter nada pra comer Fui pedir às almas santas para vir me socorrer. Foi as almas que me ajudou Meu divino espírito santo Louvo a Deus Nosso Senhor Quem pede às almas as almas dá.
Pai Joaquim. !!

Nenhum comentário:

Postar um comentário