Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sábado, 22 de outubro de 2016

A Cigana Esmeralda

Esmeralda vivia na Espanha e fazia parte do clã de Tarin, cigana lindíssima de cabelos castanhos bem claros e comprido que lhe caia aos ombros, olhos verdes esmeralda, sorriso alegre e contagiante. 
Esmeralda praticamente vivia da dança e para a dança. Aos domingos se dirigia a praça da cidade de Toledo onde encantava a todos com sua dança, ganhando assim muitas moedas que lhe eram atiradas pelo público assistente.
Numa destas apresentações, Esmeralda conheceu um rapaz muito belo de nome Don. Felipe, era um fidalgo de família riquíssima e que viviam em um castelo naquela localidade. O encantamento foi mutuo, se apaixonaram e começaram a ter uma vida praticamente juntos.
A principio Don Filipe passou a frequentar o acampamento de Esmeralda, mesmo a contragosto do “barô” Luthchero e a mãe de Esmeralda, a cigana Tânia. Por parte de Don Felipe era impossível a aproximação de Esmeralda no castelo, visto que sua família o proibia terminantemente de faze-lo. Estes desajustes foram aumentando gradativamente até que veio o rompimento da união.
Esmeralda ficou arrasada, já não ia a praça para dançar e logo em seguida descobriu estar grávida. Na esperança de ter seu amado de volta, Esmeralda vai ao castelo e conta a Don Felipe da gravidez, o que não muda nada na decisão do fidalgo. Esmeralda volta para o acampamento arrasada, e assim fica até o nascimento de sua filha, uma linda ciganinha. 
Mais uma vez tentando sensibilizar D. Felipe, Esmeralda o procura e dá a noticia do nascimento de sua filha. Mais uma vez de nada valeu, pois o fidalgo a expulsa.
Desesperada e cheia de ódio, Esmeralda volta ao acampamento e contrata dois ciganos para matar D.Felipe. Os mesmos partem para executar o trabalho contratado. Luthchero e Tânia tomam conhecimento da tragédia preparada por Esmeralda e aconselham para que ela evite tal tragédia.
Caindo em si, Esmeralda vê a desgraça preparada por ela e corre para salvar seu grande amor. Esmeralda chega ao jardim do palácio e vê os dois ciganos prontos para desferir o golpe mortal, corre então Esmeralda e sê poe a frente do punhal. O golpe certeiro e atinge o coração de Esmeralda que cai sê esvaindo em sangue.
Tânia sua mãe vem logo a seguir e toma Esmeralda nos braços pedindo ajuda A Luthchero, mas já é tarde, Esmeralda só tem tempo de pedir a Luthchero que cuide de sua filha a ciganinha Eleodora e morre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário