Páginas

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Entendendo o que são pontos riscados na Umbanda.

A Umbanda tem muitas coisas que pode nos passar despercebidas, mas que tem extrema importância para o ritual tão maravilhoso voltado a caridade dessa religião divina. E uma dessas coisas são os Pontos Riscados. Mas o que seriam Pontos Riscados, quais os seus significados, qual a sua representação? Abaixo vamos colocar resumidamente um pouco dessa demonstração de várias coisas para todos os Umbandistas. Pensando da forma do ser humano, do ser físico poderemos colocar da seguinte forma: Uma pessoa tem identificações no caminhar de sua vida, identificações documentadas que representam o ser alguém. Como poderemos usar como exemplo, o nascimento de uma pessoa, logo teremos a sua primeira identificação documentada, que seria a sua certidão de nascimento, e a partir dai teremos, carteiras de estudante, carteira de motorista, certidão de casamento, carteira de identidade (RG), CPF entre outras identificações da pessoa, e assim quando chegarmos em um local que não somos reconhecidos fisicamente, apresentamos nossa documentação para que possamos ser vistos como o ser eu, e não sermos confundidos com um outro alguém. Bem, isso na Umbanda, dentro de uma gira, na chegada de uma Entidade de Luz, estando incorporada em um médium, a Entidade faz com que ela seja reconhecida, e para isso usa-se o Ponto Riscado, que a grosso modo é a identificação da Entidade de Luz para seus consulentes. Para assim ser demonstrado que quem está ali é realmente uma Entidade de Luz e não um Espirito sem luz tentando enganar o consulente e o próprio médium. 
Esses Pontos Riscados são constituídos de riscos e símbolos gráficos, e as Entidades de Luz se servem deles para tal identificação. Eles normalmente são traçados ou riscados em tábuas ou no próprio chão. Essas ditas tábuas podem ser de madeira ou até mesmo em mármore, e são feitos com uma espécie de giz, que na Umbanda se da o nome de Pemba. Essas pembas podem ser de várias cores, e a Entidade usa a cor determinante a linha que trabalha e ao Orixá que a rege. Essas Entidades se utilizam de símbolos como: Sóis, Estrelas, Luas, Flechas, Arcos, Lanças, Triângulos, Folhas, Raios, Ondas, Cruzes entre outros. Pode não parecer, mas os Pontos Riscados são os instrumentos dos mais poderosos dentro da Umbanda, pois uma vez sem ele, nada se poderia ser feito com segurança, uma vez que é com a Pemba que se tem o poder de fechar, trancar e abrir os terreiros conforme seja a exigência determinada do trabalho que será praticado. É também através do Ponto Riscado que uma determinada Entidade de Luz demonstra a sua graduação hierárquica, na qual também mostra toda a Falange de trabalhadores, que a suas ordens trabalham em prol a caridade e auxilio num trabalho que foi determinado ou pedido por alguém que necessita de uma ajuda espiritual. 
Os Pontos Riscados nos demonstram, se a Entidade é um Preto Velho, um Caboclo, um Exú ou qual for a Entidade presente, essa demonstração nos é dada através da grafia, dos símbolos utilizados, e ainda ´por esse meio poderemos identificar qual seria o Caboclo, ou o Preto Velho ou qualquer Entidade de Luz manifestada no médium. Os Pontos Riscados são extensos códigos registrados, firmados e sediados no plano espiritual, e cada um deles tem sua função específica. Normalmente somente os Pais de Santos, realmente preparados, ou a Entidade firmada que sabem identificar com certeza e segurança, qual a Entidade de Luz riscou o ponto, da mesma forma em dizer com segurança qual Falangeiro de Orixá está na incorporação no momento a trabalho da caridade. 
Através do Ponto Riscado se pode dizer e confirmar a identificação da Falange da Entidade, também seus poderes e suas atividades. Cada linha e traço tem seu significado e muita importância no Ponto Riscado pela Entidade, portanto não se pode ser riscado por alguém não preparado, sem conhecimento devido, ou por alguém que não seja a Entidade de Luz atuante. Caso não for dessa forma, o que será feito não passará de apenas riscos e rabiscos, sem a menor importância para as regras da Religião de Umbanda, a segurança de suas Giras, e a demonstração de suas Entidades. Conforme dito acima, os Pontos Riscados são traçados pelas Pembas, e essas Pembas são uma espécie de giz, elas são confeccionadas com calcário, ela tem uma forma cônica arredondada e diversas cores. 
A Pemba é dita dentro da Umbanda que é um elemento puro, e ´por essa pureza é um dos poucos elementos que pode tocar na cabeça do médium, sendo ela utilizada para as lavagens de cabeça, assim como também em banhos de descarrego entre outras coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário