Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Quem são os erês?


Erês (crianças) são entidades de evolução incontestável pertencentes a espiritualidade. Descem nos templos de Umbanda, Candomblé, tradições esotéricas e até mesmo em casas espíritas. Trazem em si uma alegria toda peculiar de sua falange. Gostam de brincar, cantar e dançar, mas na verdade são grandes trabalhadores da espiritualidade maior. Não é a toa que a linha de crianças compõe a chamada "tríplice umbandista".
Os trabalhos dos erês são simples. Por serem grandiosos magos do universo, eles trabalham muito facilmente, não precisando de oferendas caprichadas e luxurias em seus afazeres. As crianças realizam curas, ajudam a levantar famílias, protegem crianças, entre uma infinidade de trabalhos que realizam. Nós ainda entendemos muito pouco desta grandiosa falange.
Infelizmente, os erês ainda não conseguiram o respeito que merecem das casas umbandistas. As giras destinados aos "Cosminhos" ocorrem normalmente apenas uma vez ao ano.
Qual a ligação dos erês com Cosme e Damião?
Cosme e Damião foi o santo católico que concretizou o sincretismo com o orixá Ibeji, das tradições afro. Assim sendo, as representações mais vistas dos erês nas casas de Umbanda são com imagens de Cosme e Damião, tradicionalmente conhecido com santo protetor dos farmacêuticos e das crianças.
O que é Ibeji, erê e criança?
Ibeji é o orixá gêmeo de alguns cultos afro. Erê e criança são denominações dadas a espíritos que se manifestam com caráter e personalidade infantil. No entanto, é conveniente notar que na Umbanda atual esta diferença não é muito trabalhada.
O que se pode pedir a uma criança?
Tudo o que precisar, porém, as crianças jamais fazem o mal. Os erês, como já dito, ajudam em trabalho para proteção de crianças, das famílias, de gravidez, de sustentação do lar, de cura, etc. Sua fama magística é tão conhecida que não é difícil ouvirmos a frase: "Trabalho que criança faz nenhuma entidade desfaz", ou ainda "Trabalho que criança não faz ninguém mais faz".
As crianças são espíritos que já encarnaram na Terra?
Este é um dos assuntos mais polêmicos dentro da religião de Umbanda. Os seguidores das teorias de Saraceni afirmam que as crianças são espíritos encantados, que convivem em uma dimensão paralela a nossa, evoluindo de forma diferenciada, ainda não tendo chegado a encarnar no planeta Terra. Outros ainda defendem que são as crianças espíritos elevadíssimos que escolheram assumir a roupagem infantil em seus trabalhos. Os mais conservadores dizem ainda que os erês são entidades que desencarnaram ainda muito cedo. Pela grande polêmica que pode gerar o assunto, preferimos não entrar neste debate filosófico.
Os erês são exus mirins?
Não. Os exus mirins e pombas giras meninas são entidades também encantadas, segundo Saraceni, que trabalham na linha da esquerda. Seu comportamento é, em geral, mais arredio, sendo eles mais curiosos, brincalhões e extrovertidos. Trabalham sob regência de um Sr. Exu ou Sra. Pomba Gira.
Os erês são netos ou escravos dos pretos velhos?
De forma nenhuma. As crianças compõem uma linha a parte dos pretos velhos na Umbanda. Muitas vezes, o erê se aproxima do preto velho por ver neste a imagem de um vovô querido que o acompanha. São linhas afins, mas sem ligação parental ou social.
Quais são os nomes mais comuns de erês?
Mariazinha, Pedrinho, Paulinho, Zezinho, Aninha, Zequinha, Quinzinho, Cosminho, Julinha, Ritinha, Joaninha, etc. Os nomes sempre vêm acompanhados por uma identificação de vibração de orixá. Exemplo: Mariazinha da Praia: Vibração da praia (Iemanjá).

Nenhum comentário:

Postar um comentário