Páginas

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Pratique o Hábito da Aceitação

Cada coisa que acontecer na sua vida, seja boa ou ruim, aceite-a, integre-a e continue avançando do jeito mais leve possível. Se você armazenar rancor, caminhará devagar; se guardar raiva, procurará vingança; se esconder ódio, ficará encalhado e terá perdido completamente a sua capacidade de fazer o bem e gerar felicidade nos outros.
Nesta vida, não somos mais do que breves passageiros em um caminho onde quem passar leve de ódios e rancores será capaz de desfrutar o trajeto com maior sabedoria e integridade.
Sabemos que nem sempre é fácil enfrentar uma decepção, mas se há algo que você não deve permitir, é que o mau comportamento de outros fique impregnado em você a ponto de mudá-lo, de fazer você achar que não existem as pessoas boas, ou ainda, que as pessoas boas sempre acabam feridas.

Como superar uma decepção para continuar confiando em você mesmo e naqueles que o rodeiam
Tome nota de como se proteger das decepções no seu dia a dia, na medida do possível:

Procure viver o “aqui e agora“, foque no presente sem criar muitas expectativas sobre o que acontecerá ou sobre o que poderá acontecer. Deixe-se levar.
Aceite que as decepções fazem parte do transcurso vital e que é preciso aprender com elas. Não permita que elas o transformem em algo que você não é.
Compreenda que você não pode controlar aquilo que as outras pessoas fazem, seja bom ou ruim. Você sabe quem você é e o que você quer, e sabe que fazer o bem faz parte das suas raízes, da sua essência vital.
Acredite nas pessoas até que demonstrem o contrário. Permita-se confiar. Você tem experiência, tem nobreza no seu coração e merece sempre encontrar o melhor das pessoas. Se você se aproximar delas com rancores passados, encontrará rejeição.
Encare as decepções como uma renovação: é experiência e um claro exemplo daquilo que você não quer repetir. Nunca perca a sua capacidade de fazer o bem mesmo que o decepcionem muitas vezes, mesmo que você caia muitas vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário