Páginas

sábado, 23 de julho de 2016

Sabe aquele ditado “menos é mais”?


A quantidade de guias que você carrega não significa que você seja mais, ou menos evoluído.
Tudo o que é demais pode soar falso. 
Não é a quantidade de fios no pescoço que fará de você uma pessoa menos ou mais respeitada. 
O que fará de você um bom médium, um bom filho, um bom Zelador, é seu bom senso, humildade, caridade, Amor e fé.
Vale muito mais um fiozinho de conta velhinho de Oxalá, com amor, respeito e harmonia, do que uma árvore de natal ambulante, com soberba e hipocrisia.
Nunca faça guias a Esmo. Converse com seu Zelador, com o guia chefe da casa, entenda a necessidade de usar aquela guia, ou entenda o porquê de não ser preciso usar. Siga, antes de tudo a doutrina de sua casa. Existem casas de
Umbanda que a doutrina é uma guia para cada entidade/Orixá. 
Siga as normas! 
Nunca faça fios de conta por fazer.
Quem muito se mostra, uma hora se mostra demais. 
E mostra até o que não deve.


Nenhum comentário:

Postar um comentário