Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Cristais, Cores e Umbanda

Dizem os místicos que estudam a cristalomancia que as pedras possuem uma afinidade com os seres humanos. Ambos surgiram da ação das forças cósmicas. No início dos tempos, água e pedra não estavam separadas. Com a evolução, o homem ganhou vida e passou a ter órgãos dos sentidos e a Terra, pedras preciosas.
O poder dos cristais está diante de nós e não pode ser negado. Desde as culturas antigas do mundo, eram usados para curar e equilibrar o ser humano. Atualmente, eles são utilizados no mundo para muitas finalidades.
Até 1980 havia pouca informação no que concerne aos aspectos esotéricos e curativos dos cristais e ao seu uso remoto nas civilizações antigas. Os cristais possuem, além da característica beleza de suas formas e cores e do imenso uso tecnológico dos dias atuais, um mistério que remonta às civilizações antigas. Muitas tradições iniciáticas contam que o continente da Atlântida desapareceu nas águas do oceano devido ao uso incorreto dos cristais.
No Egito dos faraós, costumava-se cobrir as múmias das pessoas da aristocracia com pedras preciosas. Os antigos gregos conheciam o poder de regeneração dos cristais e os utilizavam em banhos de imersão. Acreditavam que agindo dessa maneira, conservariam a pele por mais tempo.
Na Índia, os cristais sempre foram usados como talismã para combater o mau olhado e atrair saúde e prosperidade. Os Maias, um dos povos mais evoluídos da América pré-colombiana, costumavam empregar os cristais no tratamento de doenças e nos rituais religiosos.
Nos dias de hoje os cristais são muito usados na cromoterapia que é a ciência que usa a cor para estabelecer o equilíbrio e a harmonia do corpo, da mente e das emoções. É baseada nas sete cores do espectro solar e cada cor tem uma vibração específica, atuando desde o nível físico até os mais sutís. Cada cor tem uma infinidade de aplicações, pois são utilizadas conjugadas a outras energias.
A cromoterapia através de suas cores energéticas reestabiliza o equilíbrio do organismo obtendo cura para vários males, pois o tratamento com cristais atinge não só o corpo físico, mas também todas as camadas áuricas e principalmente os chacras e o fluxo energético do corpo que corre entre eles.
Assim temos as aplicações de alguns cristais no tratamento de nosso corpo e do nosso espírito:
Turmalina preta – protege, afastando energias negativas, tornando-as positivas. Pedra muito boa para energização do fígado.
Quartzo branco – polivalente, serve para tudo. É estimulante, equilibra as energias, ativa e desativa energias. Limpa o campo áurico. Bom para o estresse.
Quartzo fumê – pedra indicada para concretização de pedidos. Boa para os ossos, pés, pernas e joelhos.
Quartzo verde – excelente para a cura de doenças. Age na energia da pessoa aumentando a simpatia. Ajusta o emocional e o físico, estabilizando os efeitos das tensões que provocam as doenças.
Esmeralda – esta pedra resgata a esperança. Traz-nos apoio nas situações adversas. Aguça a percepção dos sentidos, ampliando a sensibilidade. Ativa a sensualidade.
Granada – estimula e aumenta a coragem, ajudando-nos a tomar decisões. Indicada para a estafa física e para cansaço relacionado à sensualidade.
Citrino – pedra base para a realização pessoal. Efetiva na concretização de negócios, trabalho, emprego. Descomplica o cotidiano, esclarecendo as confusões mentais. Ajuda o aparelho digestivo.
Topázio – Pedra do progresso. Aumenta o grau de consciência para podermos produzir melhor. Enriquece em todos os sentidos. Auxilia o funcionamento do aparelho respiratório, podendo ser usada no tratamento de asma, bronquite, tosse.
Lápis Lázuli – usada principalmente para o desenvolvimento espiritual, indicada também para quem tem problemas de comunicação, de se expressar, falar.
Cristal Biterminado – este cristal estabelece ligações, abrindo caminhos. Cuida de todos os pontos de ligação do organismo, ossos, nervos, músculos. Conseqüentemente é indicado no auxilio para tratamentos de tendinite, bursite, reumatismo, coluna, problemas cerebrais, articulações. Ajuda a comunicação com as pessoas e auxilia a dissolver divergências entre as pessoas.
Drusa – (aglomerado de cristais brancos) estes revelam o lado positivo das coisas. Ajuda-nos a ver e trazer à tona a luz quando estamos envoltos em dificuldades. Clareia as situações. É uma pedra que estrutura a alma, equilibra tanto a pessoa quanto o ambiente. Traz-nos otimismo.
Ametista – é a pedra da renovação, da mudança de fase, serve para tudo. Abre o canal de espiritualidade. Nos ajuda na recuperação quando estamos em situações de perda. Cristal dotado de energia calmante, ajudando pessoas com problemas de insônia e tensão de todos os tipos. Também muito eficiente em dores de qualquer natureza, auxilia na cicatrização e nos casos de sinusite. É, portanto, uma pedra polivalente.
Sodalita – tem o poder de limpar as interferências externas e internas, nos ajudando nas inadequações, como por exemplo, pensar uma coisa e dizer outra. Auxilia as pessoas que têm problemas de falar e de se expressar de uma forma geral.
Olho-de-tigre – é uma pedra que descomplica as coisas, clareando nossos pensamentos, nos ajudando a enxergar os vários ângulos de uma questão.
Turqueza – trabalha diretamente a tristeza profunda, proporcionando alívio. Por conta desta qualidade auxilia no tratamento das depressões em geral.
Calcita – estabelece pontos de conexão entre pessoas e situações com dificuldade de achar o ponto de contato.
Quartzo rosa – pedra da harmonia e extremamente calmante. Auxilia-nos no resgate da auto-estima, elimina a carência afetiva e ameniza a depressão, a insônia, a ansiedade e a agressividade.
Na umbanda, sabemos a importância dos elementos da natureza para trazer a energia de um Orixá até nós e as entidades que dominam este conhecimento podem trazer uma infinidade de informações tanto no aspecto da cura como na atuação mágica. Um dos elementos que podemos utilizar para atrairmos determinadas energias ou padrões vibratórios específicos de cada Orixá são os cristais.
Utilizamos para:
Orixá Exu – em geral as pedras pretas, que possuem a capacidade de lidar com energias mais densas e pesadas. A turmalina preta é capaz de transformar a energia negativa e dissolvê-la, nem que para isso ela se desfaça e vire pó. Sinal que cumpriu sua missão. Outras pedras deste Orixá: ônix preto e hematita.
Orixá Ogum – utilizamos os metais ou pedras metálicas para defesa como: magnetita, hematita. Já para o outro papel que Ogum exerce que é o direcionamento, podemos utilizar a sodalita, que contém em si este potencial. Outra pedra deste Orixá: granada.
Orixá Oxossi – utilizamos as pedras verdes, mas em especial a esmeralda que possui todos os poderes que abrangem a fartura, o equilíbrio mental e de consciência, a constância e o trabalho, mas principalmente a magia. Outra pedra deste Orixá: quartzo verde.
Orixá Odé – energia que precedeu Oxossi no Panteão, podemos utilizar o lápis lázuli ou a safira azul, ambas trabalham a abertura mental e a conexão espiritual.
Orixá Oxum – a energia da riqueza pode ser canalizada através da pirita e do citrino, já a energia do amor pode ser canalizada pelo quartzo rosa, rodocrosita e também a lepdolita. Outra pedra deste Orixá: ametista.
Orixá Iansã – para esta energia utilizamos o metal cobre em artefatos ou podemos nos beneficiar também da energia da ágata de fogo. Outra pedra deste Orixá: citrino.
Orixá Xangô – Utilizamos a energia do rubi que é entre outras coisas, canal da Justiça Divina. Outra pedra deste Orixá: jaspe marron.
Orixá Obaluayê – poderosas energias de cura possuem as ametistas inclusive para tratar problemas de pele. Outras pedras deste Orixá: quartzo branco e turmalina negra. Como Orixá Omolu usa as pedras: ônix preto e ônix verde.
Orixá Yemanjá – podemos utilizar a sua principal pedra que é a água marinha, pois sua atuação é muito intensa, trazendo calma, paz interior, aproximando as entidades protetoras e limpando o emocional, o mental e o físico de energias nocivas. Mas a nobre pedra de Yemanjá é a safira.
Orixá Oxalá – a Oxalá pertencem as pedras brancas, mas em especial o cristal branco que simboliza a fé, a harmonia e a purificação. Outra pedra deste Orixá: quartzo transparente.
Orixá Ossaim – também utilizamos para Ossaim, a esmeralda, principalmente lapidada em forma de tartaruga.
Orixá Oiá – usa quartzo fumê.
Orixá Oxumaré – usa quartzo azul.
Orixá Obá – usa madeira petrificada.
Orixá Egunitá – usa ágata de fogo
Orixá Nanã – usa ametrino
Cristais e pedras são luzes, veículos de boas energias e devemos utilizá-los com sabedoria, pois, se esta nos faltar, com certeza os ensinamentos se apresentarão em nossa caminhada e nunca de maneira leve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário