Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Os dois pilares na Umbanda: Esquerda e Direita.

Muitos estão me cobrando há certo tempo para falar sobre esquerda e direita, tentar explicar essa nomenclatura, o que vem a ser isso, como atua e tal, porém não é tão simples assim explicar sobre isso. Nesse artigo tentarei abordar um pouco sobre o tema, mas terei que retomar ele diversas vezes para trazer uma maior clareza do assunto.
Para facilitar as coisas não vou explicar aqui me baseando sobre os pilares da severidade ou da misericórdia, nem ao menos sobre conteúdo cabalístico ou magístico, tentarei explicar através da explicação de terreiro, de uma forma mais simples e direta, com exemplo das linhas de trabalho e de suas atuações.
Primeiro vamos entender quem são as linhas de trabalho que atuam na esquerda e na direita.
Na direita podemos citar os Caboclos, Pretos-Velhos, Baianos, Erês, Marinheiros e outros.
Na esquerda podemos citar os Exus, Pombagira e Exu-Mirim.
Contudo ainda existem certas linhas de trabalho que parecem se adaptar a tudo, como os malandros, ciganos, boiadeiros e até alguns intermediários de Ogum. Seria mais ou menos um caminho do meio. Porém não vem ao caso agora.
Em uma visão bem simples, o povo determina que a direita é boazinha e a esquerda é do mau. Bom, eu acho que eles estão bem enganados quanto a isso, ou nunca viram um preto-velho kimbandeiro trabalhando ou um caboclo africano. Mas o que realmente pode-se dizer, a grosso modo, é que a direita trabalha com fatores irradiadores e a esquerda trabalharia com fatores consumidores.
Porém, é uma visão bem simplista, que não reflete a totalidade e a abrangência da ação desses espíritos. Mas isso aqui é apenas um texto introdutório a esse conceito. Nesse pensamento podemos dizer que os Exus, Pombagiras e Exu-Mirins (inclui-se o mistério Pombagira menina ou mirim, que pouco sabe-se a respeito) trabalham consumindo e absorvendo os desequilíbrios, as viciações, os desvirtuamentos e a negatividade. Enquanto a direita trabalharia reestruturando, levando o ser a uma evolução moral, com reestruturação interior, etc.
A esquerda não é maligna e seus trabalhadores não são mais fortes, muito menos são seres trevosos, são sim trabalhadores da luz nas trevas. Converse com um Exu de verdade, e não com médiuns mistificadores e anímicos, para perceber a diferença no discurso desse trabalhador da esquerda. Você verá que alguns deles, se não muitos, dirão que alguém tem que fazer esse trabalho pesado, e de que serve apenas trabalhar na luz e evoluir sendo que é lá embaixo que o ‘bicho-pega’.
Assim como você verá, ao conversar com um guia de direita, ele dirá que faz incursões as zonas mais densas e trevosas acompanhado do povo da esquerda, muitas vezes resgatando ou servindo de salvaguarda para alguns processos e missões.
Bem por cima é assim que funciona a teoria de esquerda e direita, ou seja, não tem nada a ver com a força de guia ou poder que ele tem, até porque como dizem os próprios espíritos: “A Chama de uma pequena vela já é suficiente para acabar com um ambiente de escuridão”.
Acho que já tem um certo material para pensar a respeito. Voltarei ao tema no futuro, mas deixo aqui duas sugestões de estudo:
– O Guardião da Meia-Noite.
– O Cavaleiro da Estrela Guia.
Que mostra a ação do povo da esquerda e a visão por detrás do véu de Ísis.
Mantenham uma coisa na cabeça: O Universo é Dual, sempre procura o equilíbrio,  nem tão ao céu e nem tão a terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário