Páginas

sábado, 25 de julho de 2015

Resumo da evolução espiritual


O Umbral nós conhecemos como câmaras negras, compostas de ferro e níquel com residuais "elétricos" negativos. Para este plano vão os espíritos possessores e zombeteiros. A este plano tem acesso os exús negativos que habitam a camada superior (Mesosfera), composta por silício, magnésio e ferro. Os exús negativos trabalham no Umbral buscando a sua evolução para o plano seguinte, a Câmara de Limpeza que a ciência conhece por Sima (composta por silício e magnésio). Aqui o exú passa a ser neutro ou misto e terá outras funções também de auxilio aos espíritos sofredores. A evolução do exú neutro o levará para as câmaras residuais (Sial-Litosfera) ou plano da positividade passando a ser um exú positivo . Após essa passagem ele subirá pela Câmara de Reflexão e então irá para o Plano de Eibel onde será quimicamente reorganizado até atingir o Alto Comando dos Exús. Conforme a evolução material do espírito quando em vida , ele trilhará uma das linhas do Alto Comando: ou fogo, ou terra, ou tempo, e assim passará para as camadas seguintes podendo ser um baiano ou um preto velho por exemplo.

GRAU DE EVOLUÇÃO ESPIRITUAL
Imaginemos que os Orixás tenham grau 10 de evolução para podermos fazer uma escala de desenvolvimento dentro da espiritualidade.
Os Exús teriam grau 1 a 3.
Os Baianos e Pretos Velhos do Congo teriam 4.
As entidades do Plano de Angola teriam grau 5.
Aruanda grau 6.
No Plano das Águas teriam grau 7.
Grau 8 para os Cavaleiros das Ordens Geral e Apostolar.
Grau 9 para o plano dos Erês.
A evolução dos espíritos segue caminhos diferentes conforme seu desenvolvimento em matéria até o Plano das Águas, daí para a frente o caminho é o mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário