Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

terça-feira, 17 de março de 2015

Tempo de Mudar


Cá estamos nós em mais uma época, um período. Essa viagem que chamamos de vida realmente acaba trazendo paisagens e peculiaridades num “contínuo” cheio de nuances. Rupturas abruptas não existem, por mais que não se possa compreender… Tudo obedece a uma harmonia gentil e que se delineia pelas estações do tempo.
Atualmente estamos experimentando 2 realidades: Uma bastante conhecida e ainda com gosto de passado, de imagens e distrações – esta que está doente e cujo o fim é previsto desde muito tempo, onde o homem está perdido de si mesmo. A outra é a que ajudaremos a criar e que se conecta ao futuro da Terra, daqueles que aqui permanecerão… Uma nova vibração capaz de trazer cura e conforto àqueles que a ela se afinarem.
Parece muito simples optar pelo que é bom, mas não é. Até mesmo porque o conceito de bom é bastante relativo.
Hoje temos diversos modelos prontos em todos os lugares. Temos os papéis, as maneiras como devemos ser ou agir, o famoso “tem que!“, e não falta pessoas que os ditem… Seja nossa vaidade, seja nossa família, seja nossa ambição de perfeição, seja a sociedade, seja o que for!
É bastante confortável sentar-se e assistir à televisão, usando-a como fuga (note-se que não é crítica do objeto, mas do uso que se faz dele, nesse sentido o de “esquecer” de tudo, e não o de se divertir ou se informar)… Bem como adotar as paixões das coisas do mundo (tudo que enfurece o homem e o deixa “louco” por possuir ou ser): Idéias, objetos, relacionamentos fúteis, sexo sem sentido, etc.
Nada disto se pode considerar errado ou mal, isto vai de cada um, pois como já bem dizia Paulo, “tudo me é lícito, mas nem tudo me convém“.
Entretanto, a felicidade ou a paz que uma nova dimensão pode oferecer para o ser humano na Nova Terra será mais ligado a tudo que se refere ao seu eu interior: O santuário que estiver construído dentro de seu coração.
Adentrar esta nova realidade, ou permanecer no que está envelhecido e não serve mais, tem seu preço. Seguir adiante exige do homem que passe a ser mais fraterno, que escute mais sua alma e preste atenção no que é sua vida, o que quer dela, e o que será. Colocar os pés no chão, deixar os artifícios que compõem sua vida, e meditar sobre a realidade mais espiritual ou mais humana do ser.
Creio que muitas pessoas nesse tempo podem estar experimentando rompimentos, brigas, confusões, mudanças de moradia ou de maneira de ser das coisas (família, emprego, relação). Também, pode estar acontecendo a necessidade de estar recolhido, do ficar bem em casa, sem estar participando de tantas movimentações como antes… Mesmo doenças reincidentes do passado, ou pequenas enfermidades de indisposição como gripe. Tudo isto tem sua razão de ser.
A palavra é mudar, e o tempo é o agora.
Não importa tanto o que será, mas o que está sendo.
O que você está fazendo por você agora?
Lembre-se que Deus faz o Impossível e que nós fazemos o possível.
Você tem confiado em Deus? Você tem feito o possível?
Se você faz o possível, confie que Deus te guiará para o melhor, mesmo que este melhor não seja exatamente o que você desejou a princípio. O tempo é capaz de traduzir a verdade através da experiência.
Acima de tudo, não sinta sozinho, mesmo que esteja: Existe alguém a velar por nós, e os anjos da humanidade estão conosco, atentamente observando nossas escolhas. Elas determinam se iremos para o novo, ou ficaremos apegado ao velho.
Estar apegado ao velho pode trazer sofrimento, mas isso falaremos noutra hora.
Por enquanto, possa a Paz acarinhar dentro de nós o nosso coração.
A escolha ainda está em suas mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário