Páginas

sábado, 7 de março de 2015

Passe



Bem, todas as coisas da Terra carregam em si uma espécie de identidade energética. Seria a manifestação de sua natureza essencial, ou seja, o resultado de suas variáveis de existência: Movimentos de seus átomos, vibrações, irradiações, recepções, etc. Quanto mais complexo o ser, tão mais diferenciada as energias dentro de sua mesma espécie. É o caso do ser humano, onde as variáveis abrangem estados emocionais, pensamentos, disposições, alimentação, etc.
Embora existam diferenças significativas entre a “energia” de uma coisa para outra, elas obedecem aos limites da espécie, e postas num todo, formam um imenso degradê de nuances que se completam.
Os espíritos também têm energia, os anjos, as entidades, os elementais ou forças da natureza. E como cada ser é dotado de uma energia pessoal, ela é bastante efetiva ao guiar para este ou outro rumo no que se refere ao caminho da vida. O que você faz com seu jeito de ser, sua essência, sua vitalidade, afeta e atrai coisas boas ou não tão boas.
Pela vontade, é possível que possamos doar um pouco do que temos em benefício ou malefício de outro ser. A isto soma-se uma carga extra que pode advir de uma prece ou intenção… E ao fazermos isso, estamos também atraindo para nós uma reação. É o que as pessoas há muito se referem sobre receber o que se planta, ou ainda em algumas doutrinas, de uma lei tríplice – voltará 3 vezes para quem envia, bom ou mal.
Por enquanto, cabe saber que é possível ajudar energeticamente ou espiritualmente outra pessoa de uma maneira bem simples. Para isto não é necessário rituais ou simbologias complicadas… Basta lembrar de como Jesus fazia, embora estejamos um pouco distantes da realidade de “ser” dele (existir como ele).
Pensa-se naquela pessoa procurando afeto no coração, ou compaixão, ou amor; em seguida estende-se a mão por ela, ou dá-se a ela, ou pelo próprio pensamento pensa-se como que uma luz chegando a ela; em seguida ampliar este bom sentimento levando-o ao Senhor de todas as coisas, a Deus, a Jesus, pedindo com uma prece espontânea e do fundo do coração pelo bem daquele ser e pela assistência dos bons seres.
Pronto, em essência, o passe é a transmissão de energia, sendo esta pessoal, um “repasse” das energias espirituais ou terrenas, para outra pessoa. E a essência de funcionamento dele é doar com e pelo amor, assim como receber com gratidão e também com amor. Dessa maneira não apenas há doação, mas amplificação de Luz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário