Páginas

sábado, 21 de março de 2015

Expulsando Energias Negativas

O que vamos usar hoje é a sua Sombra de Proteção, isto é, uma força que você tem aí junto desse seu belo corpo, e que precisa estar muito bem obrigada pra poder te ajudar a ficar fora de encrencas. A Sombra de Proteção é aquela coisa que te livra dos acidentes; que faz cair o raio na árvore do vizinho e não na sua (brincadeira); que te defende dos micro-organismos (quando sua bendita cabeça não te atrapalha e te põe pra baixo)… Tudo que diz respeito a manter você inteiro e bem, passa por ela.

“Ah”, você pergunta com a boca mole, “mas às vezes eu me f* bem f*(a) “. Sim, meu querido(a), eu sei. Eu vou te explicar o motivo pelo qual às vezes existe uma abertura no nosso campo e acabamos passando por certas coisas.

A Luz permite que em determinadas circunstâncias algo passe por essa força porque precisamos aprender algo. O caso de encostos é clássico. Qualquer um que já foi num Centro Espírita sabe de cor que onde há encosto há uma portinha aberta, e que a pessoa que carrega o encosto, o “obsediado”, precisa da “reforma  íntima” e passes e água fluidificada pra se livrar de vez da influência. Portanto, há aspectos nossos que causam nosso próprio sofrimento e precisam ser melhorados… Digamos que você usa mal sua raiva por exemplo, é uma criatura propensa à violência destrutiva – quem você acha que você vai sintonizar nesse aquário de desencarnados que nos rodeia? Os anjos de luz? Vai canalizar a Madre Tereza? Lógico que não. Vai atrair uns belos encostos que vão triplicar a coisa toda e te afundar. Isso vale pra tudo.

Outro aspecto é que às vezes somos sensíveis demais e precisamos por nós mesmos aprender a deixar de sermos pamonhas, e eliminar as influências. Uma coisa que percebo muito é que a maioria das pessoas que se carrega dá muita importância pros outros. (Pausa pra você pensar). É ou não é? Espero que não seja o seu caso. Quanto mais a pessoa se preocupa, pisa em ovos, se desconsidera em função de alguém, mais ela absorve… Se enche até ficar bem redonda de cargas (às vezes literalmente).

Também pode ser que você tenha alimentado certas crenças… De que sofrimento é uma coisa nobre; de que você precisa ajudar todo mundo, que não é certo pensar só em você; de que é melhor se machucar do que se indispor; que você vai perder fulano ou sicrano se você não fizer de tudo pela criatura; de que você não é tão importante quanto os outros; que você é menos, etc. A lista não termina. Tudo que representa você não estar do seu lado, ou você estar contra você (o que é pior), pode “programar” sua proteção para liberar que chegue tudo de ruim em você. A Sombra é neutra, ela obedece como você se trata. Portanto pare já de se achincalhar ou de se criticar, antes que você desenvolva aquele “azar” maravilhoso e passe a vida se acabando por aí.

De qualquer modo, a energia negativa ela pode vir: de encarnados (a maioria dos casos que já vi e vivi); de desencarnados; de trabalhos espirituais; de ambientes “ruins”; de objetos (já aconteceu com você que eu sei); de você mesmo (tipo quando você acorda naqueles seus dias).

Bem, para fins de facilitar a visualização, a gente vai pedir que sua Sombra de Proteção, ou sua Força de Proteção, apareça pra você na forma de um bicho. O motivo de se fazer isso é que a figura do bicho está muito próxima dessa qualidade instintiva e inata (porque você tem essa bendita força há milênios e nem estava ciente até esse momento e ela estava lá), e vai ajudar você a visualizar. Também, saiba que as forças da Sombra que são suas, elas falam com você por meio das sensações e não da voz na sua cabeça. Por isso ao longo do exercício observe cada mínima sensação física – calor, tremura, formigamento, frio, vazio, pontada, dor, pressão, qualquer coisa por mais leve e mínima que seja; e se não tiver nenhuma, não fique se forçando ou achando que tá fazendo errado! (Deixa o complexo de errado(a) pra outra hora).

 Agora, vamos pôr as mãos na (sua) massa!


Passo-a-Passo

 
1. Vá para um lugar calmo e direcione sua atenção para o interior do seu corpo – observe como se sente.

2. Diga em voz alta e com a autoridade, dirigindo-se ao interior do seu corpo: “Eu quero que a minha Força de Proteção apareça pra mim na forma de um animal!”.

3. Deixe surgir o primeiro bicho que vier. Observe como ele está: aparência, cor, arredores, expressão, posição, humor, etc.

4. Vista o bicho dentro de você. Isso é muito importante: a sensação que ele te provoca é uma mensagem pra você.

5. Peça em voz alta ao bicho que te mostre se tem alguma Energia Negativa dentro de você ou ao seu redor. Se sim, você sentirá ou vai ver a parte do seu corpo, ou o lugar. Pode ser que até a carinha de quem te carregou surja na sua imaginação (mas nem sempre). Você pode também estar ligado a algo negativo passado (por exemplo o fantasma de um evento passado que você ainda está levando consigo).

6. Peça em voz alta que o bicho corte essa influência e que a leve de volta pro lugar ou pessoa de onde ela saiu. Fale com autoridade, você está comandando uma força. Observe que sensações vão surgir.

7. Quando sentir que descarregou peça em voz alta ao bicho que traga de volta tudo que é seu e que ficou preso lá (com aquela pessoa, lugar, evento, etc.). De novo observe as sensações que vão surgir.

8. Diga em voz alta: “bicho, eu quero ficar inteiro(a); não quero a energia de ninguém dentro de mim ou na minha volta, tira tudo que tiver atrapalhando meu caminho.”

9. Ao final peça “Eu quero agora que a Luz do meu espírito me envolva e me proteja, com a minha força de proteção e a ajuda dos meus guias”. Pode encerrar com uma prece ou oração de sua preferência.

Observações:

Se não aparecer bicho nenhum, você pode ter colocado sua força com outra pessoa (pamonhão, hein?). Então antes de tudo você vai ter de chamar, explicar que você quer ficar do seu lado a partir de agora, que você quer cuidar de você e da sua vida (e nada de mentir, faça um compromisso).
Se o bicho aparecer violento pra cima de você ou indiferente, é sinal que você se pôs contra você. De novo, apazigue a imagem, converse com ela, proponha-se a abraçá-la e ouvi-la. Isso acontece muito com quem se ignora – vontades, desejos, alertas, que surgem no interior do seu ser.
Nada de preconceitos! Você pode se carregar com gente muito amada, querida e boa: filho, marido, amigo, etc. Então quem quer que apareça pra você, corte. E nunca, jamais, deixe seu bicho trabalhando com outra pessoa! Isso vai prejudicar você e a ela também. Cada um precisa seguir seu rumo, peça a proteção da Luz praquela pessoa e confie nela.
Se o ambiente ao redor estiver muito escuro, peça ao bicho que o limpe, e abençoe em nome do seu espírito, peça que a Luz a Vida tome aquele espaço e o use para o bem.
Se outros bichos ou pessoas estiverem cercando o seu é sinal de que você está sofrendo ataques psíquicos de outras pessoas, então é importante pedir ao bicho que as afaste e mandar um recado: peça a ele que diga àquela criatura que você não quer brigar ou se indispor, que ela fique na dela e você na sua.
De novo, não custa lembrar, do mesmo modo que não é pra pôr seu bicho pra “cuidar” de outrem (porque todo mundo tem o seu bem vivinho), nunca use isso pro mal ou pra atacar ninguém ou forçar alguém a fazer algo. O azar vai ser o seu e eu vou caçar você no Astral e te dar uma surra psíquica.
O sentimento de vestir o bicho é a qualidade que você precisa manter e desenvolver nesse momento. Um exemplo esdrúxulo: você vê um leão e sente ele dentro de você como uma imponência, um não-baixar a cabeça pra ninguém. Recado dado, né. O que cada animal significa, embora você possa pesquisar o simbolismo, depende exatamente do que ele te faz sentir, só você pode atribuir as significações e integrá-las.
Não se prenda a um animal. Embora possa repetir, há variações ao longo das fases da sua vida, ou nas características e no modo de ele se apresentar. Percebo que quando sua força está “de boa” ela aparece de frente e olhando pra você.
Ao final, caso você sinta necessidade, pode pedir também o concurso das forças superiores de proteção para te auxiliarem uma vez que você fez seu dever de casa e está comprometido com você. Elas vão ter todo prazer em te ouvir e mandar seus emissários. Não esqueça que o Mal é vazio de força diante do Bem, e as Forças do Bem são absolutas.
Agora que ensinei, quando você praticar esse exercício, você pode deixar um comentário sobre sua experiência e os resultados que ela trouxe, assim vai ajudar outros que também fizeram. E do mesmo modo, caso você já saiba de onde está vindo a energia negativa, pode pular a pergunta e fazer direcionado para aquilo que você sabe que te prejudica. Também é muito útil quando você sente que uma coisa em você não foi mais a mesma, a fim de recuperar e descobrir onde isso ficou.

Espero que te traga toda a ajuda, e empoderamento. Isso é um exercício para você se ajudar e se fortalecer! Lembre-se que toda ajuda espiritual protetora depende também de você estar em dia com sua Sombra de Proteção. O Astral não vai também te dar colher de chá se você fica se detonando… Enquanto você é ignorante das coisas a Vida te protege, quando você já sabe o que é melhor, ela vai deixar você até você ficar do seu lado.

E lógico, trate de mudar, pra manter suas portinhas fechadas.

Desejo-lhe toda Luz, e que seu Espírito se acenda e te inspire sempre!

Um comentário:

  1. Fiz todo o exercício e deu super certo, mas notei uma coisa beeeem interessante: de início, me apareceu um tigre com as cores tradicionais, alaranjado...ao final, quando terminei a oração e tudo, na minha mente havia um tigre branco. Totalmente branco. Eu não consegui mais ve-lo como estava antes.

    ResponderExcluir