Páginas

segunda-feira, 23 de março de 2015

A Desobsessão e as Brechas Energéticas



É importante que os filhos entendam que podem eles mesmos se protegerem contra muitos dos obsessores evitando sua aproximação e auxiliando os espíritos protetores nessa função.

Obsessores, conscientes ou não, possuem cargas energéticas pesadas que são atraídas por energias iguais.

A energia boa, tranqüila, leva com que energias dissonantes tenham maior dificuldade em se manterem perto, porque padrões vibracionais se atraem do mesmo modo que abre a porta às doenças, um sistema imunológico fraco.

É preciso pois manter o padrão energético vibracional o mais etéreo possível. O descarrego é uma das formas de limpeza energética e deve ser utilizado amplamente pelos filhos porque aqueles que deixam sua casa limpa terão sua alma iluminada.

O descarrego é, portanto, uma das funções mais importantes da casas Umbandistas, mas apenas ele não é suficiente para manter o padrão vibracional do filho de tal modo que afaste o máximo possível os espíritos de pouca luz.

Efetivamente uma das principais funções do terreiro é manter em seus filhos padrões vibracionais que possibilitem uma boa evolução espiritual.

É por isso que importante se faz a concentração e o desejo de alcançar sempre uma energia boa o suficiente para que as decisões sejam tomadas em paz, onde as atitudes sempre procurem a busca pelo bem.

Atitudes são pois, outra das formas de se manter padrões vibracionais. Enquanto sorrisos atraem sorrisos, raiva atrai raiva e ódio, ódio. Mas isso já é demais conhecido pelos filhos.

Ocorre que em muitas vezes ao se decidirem por uma ou outra atitude os filhos não colocam na balança a carga energética que a atitude a ser tomada ira trazer e a porta aberta que pode ser deixada a espíritos de não luz, que sorrateiros se aproveitam desses estados vibracionais para conseguir impingir ainda maior dose de raiva, ódio ou qualquer outra forma de energia negativa.

Então é claro que atitudes terríveis e obvias contra a evolução do bem irão trazer padrões vibracionais deturpados, mas o mesmo também ocorre com as atitudes erradas menores, diárias e comuns a realidade dos filhos.

É preciso, pois que os filhos tenham cuidado com as pequenas atitudes diárias, com a maledicência, a raiva inesperada, a inveja que brota, a tristeza desnecessária.

Cultivar e cuidar do padrão energético é obrigação de todo o filho umbandista e um dos fundamentos dessa religião porque não há como o desenvolvimento se fazer presente quando a energia existente assim não o possibilita.

Cuidem filhos da energia que lhes envolve com a mesma acuidade com que cuidam de suas propriedades porque é ela que traz ao espírito a possibilidade de evolução.

* - Livro: Umbanda para a Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário