Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Como você reage a situações novas?

            Situações novas, um grande quebra cabeças da nossa vida.  Peças que nem sempre se encaixam a uma primeira vista, mas que mais tarde, passado um tempo fazem todo o sentido.
            A dinâmica dos relacionamentos e das situações novas sempre ocultas a lei da atração quanto ao que precisamos aprender. Com isso, as pessoas e situações que se encontram ao nosso redor sempre acrescentarão algo em nossas vidas. Mesmo que discordemos no início, o senhor do tempo, através da sua imensa sabedoria nos mostra o contrário.
            Quando vivemos o desconforto de uma nova relação ou situação, seja na família, seja no trabalho, tendemos a nos esconder atrás do que essa pessoa ou situação diferente nos aflora de sentimentos usando-as como desculpa para não assumir quem verdadeiramente somos e sentimos. Nesses momentos, ou nos encolhemos, isolamos, decidindo não participar dessa nova situação, ou, reagimos promovendo a discórdia, o caos, contaminando os ambientes e pessoas ao nosso redor. Porém, podemos também decidir olhar com carinho o que há por trás dessa nova pessoa, situação que chegou até nós, acolhendo com amor o seu aprendizado, virando a página e seguindo em frente.
           
            Mas, por que decidimos olhar a nova pessoa ou situação com reservas? Por que fazemos isso? Muitos são os motivos e eles variam muito de pessoa para pessoa, porém, alguns são bem comuns:
- É mais fácil denegrir do que criar algo que te leve a seguir em frente. Em outras palavras: CIÚMES;
- Desenvolvemos nossa zona de conforto e não queremos sair dela. Em outras palavras: COMODISMO E INSEGURANÇA;
- O quê? Eu errada? Não, jamais! Em outras palavras, ORGULHO... Querer sempre ter a razão;
- REBELDIA, todos vão a uma direção, e você teimosamente não quer ir também, então decide ser do contra;
- FUGA!  Não querer enfrentar o que realmente está oculto por trás dessa situação toda e decidir resolver. Dá muito trabalho fazer reforma íntima;
           
            O novo nos assusta!
           
            Como pessoas cheias de aprendizados que somos, ou as repelimos, encontrando defeitos ou as incluímos, pois é melhor tê-las ao nosso lado.
            A pergunta vem: Por que precisamos julgar? Seria apenas medo ante algo que não conhecemos e que está nos empurrando para seguir em frente?
            Seja honesto consigo mesmo... Pare de olhar ao redor e olhe para si mesmo. Olhe para dentro e veja, de verdade, com muita humildade no coração, o que você está sentindo que está tanto te incomodando. Abra-se, desarme-se... Você não precisa ficar sempre na defensiva. A vida (por mais que as vezes não pareça) está ao seu favor. Ela lhe oportuniza inúmeras situações e pessoas que são ferramentas para você crescer, para você evoluir. Não dá para ficar parado. Quanto mais podemos ajudar, mais essas situações irão aparecer, pois assim como água parada por muito tempo fede, nós, não cumprindo o nosso papel também fedemos!!!!

            É preciso seguir em frente. Ampliar horizontes! Tomar decisões! Agirmos nessa direção com foco constante, pois as armadilhas ao nosso redor são inúmeras e querem sempre nos desviar da nossa missão da nossa alma! Pense nisso!
            Por fim... Olhe o novo como uma oportunidade de crescimento, principalmente a partir do que você sente, quando sente algo aflorar que seja ruim. É a vida lhe trazendo o próximo passo a ser dado! Nada mais.
            Olhe seu colega novo, as mudanças na estrutura, o novo chefe dessa maneira. Observe a ação do cunhado, da sogra, da prima, do pai, da mãe, do irmão, do sobrinho, entre outros, como um meio que o universo encontrou de chegar até você e aflorar seu aprendizado.
            Mantenha seus pés nos chão. Mexeu com você a situação, a pessoa, então, ali está seu próximo passo para ser uma pessoa melhor, evoluir, crescer. E não adianta fingir, transferir para os outros a culpa, se fazendo de vítima, ou de coitado. A mesma situação irá aflorar em outros lugares, com outras pessoas para que você se convença de que precisa resolver tal sentimento, tal pensamento, tal atitude que te impede de ser tudo o que você pode ser.

            Não há como fugir.

            Decida por você olhar com mais carinho cada algo novo que chega até você, em especial a sua reação ante isso.

            Se ficar pesada demais essa situação ou pessoa nova que entra em sua vida, é hora de pedir ajuda. Seja para um amigo que consiga trazer neutralidade na análise da situação, ou de um profissional (Psicólogo, Terapeuta Holístico, Psicoterapeuta Reencarnacionista) que lhe auxilie a compreender porque você está atraindo essas situações para perto de você, contribuindo para que se encerre definitivamente esse ciclo que tanto tem se repetido a partir de situações recorrentes.

Agora é com você amigo (a)!



POR: ALINE SCHULZ  - Terapeuta Holística

Nenhum comentário:

Postar um comentário