Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

sábado, 12 de janeiro de 2013

9 Dicas para você aprender a dizer "Nâo"

            Ganhe tempo, respeito e uma vida sem tantas chateações com apenas três letrinhas: "NÃO”.
            Muitas mulheres acham que ser "agradável" é algo indispensável em qualquer situação. Por isso, dizem "sim" sempre, mesmo quando adorariam soltar um sonoro "NÃO".
            A boazinha que diz sim para tudo muitas vezes não é exatamente alguém com um incorrigível bom coração, mas uma pessoa com personalidade insegura, medrosa, carente ou controladora (que não quer ficar por fora de nada). "Quem age assim acha que não será amada pelos outros pelo que ela é, mas só pelo que ela faz. São dedicadas por baixa autoestima", diz o psicólogo Odair Conim.
            No trabalho, quem diz sim para todos os pedidos do chefe e dos colegas, em vez de parecer uma funcionária dedicada, pode acabar demonstrando falta de determinação e de postura profissional. No amor, quem se mostra extremamente disponível, é vista como sem graça - ou até como desesperada. E quem faz tudo o que os amigos pedem passa a atrair amizades oportunistas. Por todos esses motivos, aprender a dizer alguns "nãos" pode tornar a vida muito melhor.
            Primeiro, reconheça que você tem o direito de rejeitar pedidos para o que não está a fim de fazer. A seguir, aprenda como dizer não sem culpa.

1. GANHE TEMPO.
Se você não consegue negar imediatamente, peça um tempo para pensar. Diga, por exemplo, que precisa verificar se não tem um compromisso no mesmo horário. Assim, poderá analisar os motivos para negar a solicitação com segurança. Só depois retorne o contato para dizer não.

2. REPITA, REPITA.
A pessoa pode insistir que você dê uma resposta imediata. Fique firme e repita calmamente a sua justificativa: "Eu realmente preciso checar se não terei um compromisso no mesmo horário". Se for preciso, continue repetindo. Harriet Braiker chama isso de técnica do "disco arranhado".

3. LISTE AS CONSEQUÊNCIAS.
Escreva duas listas. Uma com o que deve rolar se disser não e outra se disser sim. Use mais a experiência e menos a imaginação. Não fique fantasiando sobre o que pode acontecer depois. Melhor lembrar como se sentiu em situações parecidas nas quais disse sim.

4. NÃO É CULPA SUA.
Você pode encontrar quem não aceite ouvir um não. E é principalmente para essas pessoas, diz o psicólogo Odair Comin, que você deve dizer "ene-a-o-til”. "Se alguém reage mal, é um problema da pessoa, que não sabe lidar com frustração." Não seja refém de quem tenta convencer com pirraça.
 
5. ELOGIE + NEGUE + AGRADEÇA.
Esta é a fórmula básica para dizer não para um convite da forma mais educada possível. Comece valorizando animadamente a proposta, diga que (que pena!) não poderá aceitá-la - dê alguma justificativa - e termine agradecendo a lembrança e deixando para uma próxima.

6. PASSE OU REPASSE.
Pense bem: você é a única pessoa que poderia fazer o que lhe pediram? Provavelmente não. Em vez de negar de cara, você pode delegar a solicitação para alguém que teria mais interesse em realizá-la, mais responsabilidade sobre a questão ou, simplesmente, possa lhe quebrar esse galho.

7. FAÇA OUTRA PROPOSTA.
Você pode sentir vontade de atender ao pedido, mas não a tudo o que foi solicitado. Fale para a pessoa que não poderá fazer o que ela lhe pediu, mas diga que teria prazer em contribuir de outra forma. Só não use este recurso quando, na verdade, deseja dizer um não total.

8. ENCERRE O ASSUNTO.
Se a pessoa rejeitar a sua contraproposta, e afirmar que, para ela, só valeria a pena se você aceitasse fazer tudo o que ela pediu, Harriet Braiker recomenda dar uma resposta curta e educada: "Certo". E ponto final. Nãoemende uma ladainha de justificativas!

9. REFLITA SOBRE O NÃO.
Reflita sobre situações que se repetem com frequência em que você gostaria de passar a dizer não. Vale até ensaiar a resposta em frente ao espelho. Assim, quando estiver diante dela, vai se sentir mais preparada para impor seus limites.


POR: CARLA  - Terapeuta Holística

Nenhum comentário:

Postar um comentário