Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Como tem sido a sua colheita?

         Como é bom colher, quando se usou a semente certa na terra fértil! Mesmo que tenha havido chuvas e trovoadas algumas vezes, mas a colheita final é sempre de acordo com as sementes usadas em solo apropriado.
            Isso não quer dizer que todas as sementes vingarão. De vez em quando algumas não se desenvolvem como esperamos, mas a mãe natureza nos ensina sempre essa lição: só vai florescer e frutificar aquilo que for saudável e, no tempo certo.
            Por tanto, se as coisas não estão do jeito que você esperava, se não acontecem no tempo que você queria, pare e reflita: Que tipo de sementes usei? Plantei com cuidado e na época certa? Adubei corretamente o solo? Cuidei do desenvolvimento da planta? Dediquei  tempo, atenção e amor a esse cultivo? Essa semente é boa para este tipo de solo e clima? De tudo isso depende a boa colheita.
            Não podemos esperar que as coisas aconteçam se não fizermos a nossa parte. E... sei que não é fácil  pensar assim, mas talvez, não seja o melhor para nós neste momento. Isto é mais difícil de entender. Se temos planos para nossa vida, sonhamos e vamos na direção de nossos sonhos, agindo e não apenas esperando que caiam do céu. Então seria de se esperar que tudo desse certo, na hora que planejamos.
            Mas nem sempre é assim! E essa é a grande lição que precisamos aprender: ter fé, confiar no Plano Maior e saber que temos apenas a visão de uma pequena parte da nossa vida. Deus sempre sabe o que, quando e porque as coisas devem acontecer. Chamo essa força maior de Deus, mas chame do jeito que você acredita.
            O fato é, que existe uma força superior que dirige nossa vida. Recebemos o direito de fazer escolhas, decidir quais caminhos seguir, a forma como queremos viver, mas se isto não for para nosso bem, não for para nossa evolução espiritual, então com certeza, a colheita será diferente daquilo que esperamos.
            Neste momento é preciso parar um pouco, observar, respirar, aquietar os pensamentos e “confiar”. Mas volto a dizer: muito depende de nós! Não podemos apenas esperar que as coisas literalmente “caiam do céu”. É preciso fazer nossa parte, mas planejar alternativas para o caso da colheita não ser do jeito que esperamos.
            O que posso fazer além? O que posso fazer diferente? Se essa não for a melhor opção, que outra posso ter? Tudo isso é muito importante para que não nos sintamos frustrados, decepcionados, acomodados e sem vontade para tentar novamente.
            Sonhe com o que você quer para sua vida. Planeje de que forma poderá conseguir realizar seus sonhos. Tome atitudes, tenha iniciativa, mas principalmente, pense em alternativas, tenha  flexibilidade para contornar os obstáculos.
            A colheita será de acordo com a época da vida em que você se encontra e aquilo que o Pai Maior sentir que é o melhor para você. Então, aceite os presentes, muitas vezes em forma de desafios, que aparecem pra você. Aprenda com eles e aproveite para se tornar um jardineiro cada vez mais experiente e sábio!

POR: CLAUDETE LOTH atua como terapeuta holística em Novo Hamburgo/RS. É graduada em Pedagogia, com especialização em Supervisão Escolar

Nenhum comentário:

Postar um comentário