Páginas

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Povo de Rua

Exus , Pombas-giras e Povo de Rua em geral são espíritos trabalhadores da Umbanda que possuem a missão de socorro e proteção aos filhos de Fé nas questões terrenas, sentimentais, financeiras e emocionais, sendo estes trabalhadores totalmente emotivos e passionais.
Sua função mítica é a de mensageiro, levando os pedidos e oferendas dos homens aos Orixás, já que o único contato direto entre essas diferentes categorias só acontece no momento da incorporação, quando o corpo do médium é colegado ao seu Exu por meio dos chacras. São eles quem traduzem as linguagens humanas para os seres superiores,protege as casas de santo e seus filhos, por isso, é imprescindível a sua presença para a realização de qualquer função.
O papel dos Exus é mais atuante do que se pensa. Além de serem mensageiros dos Caboclos e/ou Pretos – Velhos (a depender de quem for o guia chefe do médium), ainda possuem uma destacada atuação junto a nós, pois são executores kármicos. Significa que se nos habituarmos a cultivar pensamentos, sentimentos e atitudes equilibradas nosso karma será reduzido ao longo da vida, e nosso amigo Exu nos ajudará em nossa jornada. Mas, se caso assim não procedermos, certamente esse mesmo amigo Exu entrará em ação, efetuando a cobrança kármica para conosco mesmos, sempre em nome da Lei Cósmica Divina.
O verdadeiro Povo de Rua de rua aceita e entende sua missão como Umbandista , recebendo e acatando as ordens do guia chefe da casa e dos outros espíritos trabalhadores, passando a fazer parte dessa grande família espiritual onde todos tem uma grande missão a ser cumprida: A missão da caridade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário