Páginas

Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Olhares Cuidadosos

Certa senhora procurou o Chico com uma criança nos braços e lhe disse:
- Chico, meu filho nasceu surdo, mudo, cego e sem os dois braços. Agora está com uma doença nas pernas e os médicos querem amputar as duas para salvar a vida dele. Há uma resposta para mim no Espiritismo?
Foi com a intervenção de Emmanuel que a resposta veio:
- Chico, explique à nossa irmã que este nosso irmão em seus braços suicidou-se nas dez últimas encarnações  e pediu, antes de nascer, que lhe fossem retiradas todas as possibilidades de se matar novamente. Mas, agora que está aproximadamente com cinco anos, procura um rio,um precipício para se atirar. Avise nossa irmã que os médicos amigos estão com a razão. As duas pernas dele vão ser amputadas, em seu próprio benefício, para que ele fique mais algum tempo na Terra, a fim de que diminua a ideia do suicídio.
Retirado do livro “Chico, de Francisco”
de Adelino Silveira
__________________________________________________________________

Esse pequeno texto é para mim de um aprendizado ímpar. De forma muito simples, com uma impressionante lógica e com uma intensa amorosidade, Chico Xavier, sob a inspiração de Emmanuel, ensina que nada é por acaso e que não há motivos para revolta afinal, TUDO está sendo olhado, conduzido e direcionado por um Plano Superior, TUDO é reação de nossas próprias ações,  TUDO é para nossa melhora, entendimento e crescimento.
Aquilo que achamos que são dores, são, na verdade, “Olhares Cuidadosos do Divino”, são “Necessidades” que irão fazer com que cresçamos espiritualmente e emocionalmente.
Com esse pensar, chego à conclusão que devemos usar constantemente algumas palavras ao escrevermos nossa história de vida, que são: aceitação, confiança e atitude.
Entendo aceitação como uma ponte que leva à transformação. Não é desistir, nem tão pouco resignar-se, é estar lúcido do momento presente e consciente das possibilidades do passado. É estar convicto da Lei da Ação e Reação e da Lei Divina. Alias, é com aceitação que adquiriremos outros olhares e afrouxaremos as amarras da vida, o peso da verdade absoluta e as resistências.
É com ela que abriremos a mente e o coração, que ouviremos uma voz dizendo algo parecido com “há outra verdade, há algo Além, há outra possibilidade. Não se feche, não desista, não resista, não reduza sua vida ao seu querer”.
Confiança soa para mim como algo verdadeiro, sem mistério, claro e lúcido, que assegura, tranquiliza e garante. Confiar em algo ou em alguém é necessário para melhor entender a vida, para melhor vivenciar a Fé. Percebam, o tamanho da confiança é o tamanho da Fé, que consequentemente será a intensidade da “entrega”.
Confiar é para aqueles que conversam com Deus e que ouvem Sua resposta sem ao menos escutar Sua voz. Confiar está no ato de transcender, de se entregar, de falar com Deus.
Agora, Atitude… Atitude é respirar, é vibrar, é fazer, é crer.
É não olhar para trás para lamentar, mas é olhar para frente para transformar, para fazer diferente, para fazer a diferença, para fazer e viver.
Atitude não alimenta a dor, mas transforma-a em experiência e oportunidade.
Atitude não desiste e sim, persiste.
É… Com aceitação, confiança e atitude não temos o que lamentar ou reclamar, mesmo porque, estamos sendo assistidos e conduzidos por Forças Divinas poderosíssimas. Mesmo naqueles momentos de aflição ou de dor, as Forças Divinas lá estarão.
É nisso que eu acredito. E você???

Nenhum comentário:

Postar um comentário