Páginas

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Conhecendo Iemanjá em 20 ítens


1. Filha de Olokum, deus dos mares (em algumas lendas Olokum é uma deusa);
2. Seu nome deriva da expressão “Yéyé omo ejá” que significa “Mãe cujos filhos são peixes”;
3. Conhecida também como: Dona Janaina. Inaê, Princesa de Aiocá, mãe dos peixes, etc.;
4. Senhora de toda a água salgada do mundo, que representa o choro das mães pelas vidas de seus filhos;
5. Dos seus seios correm todos os mares que fertilizam a terra;
6. Mãe de todos os Orixás;
7. Mãe de todas as coroas na Umbanda unindo-se a Oxalá;
8. Junta-se a Oxalá para complementar o Principio Gerador Feminino;
9. Protetora da gravidez, até o momento em que apara o bebê em seu nascimento;
10. Protetora dos pescadores e jangadeiros;
11. Regente dos lares e protetora das famílias;
12. Benevolente e preocupada com o bem estar de todos;
13. Sincretizada com Nossa Sra. Da Conceição e Nossa Sra. Dos Navegantes;
14. Suas cores são o azul claro ou o branco translúcido;
15. Tem um caráter tolerante de aceitação e carinho;
16. Age sobre o psiquismo e o sistema nervoso;
17. Rege todas as reuniões familiares preservando o sentido de grupo;
18. Invocada para trazer prosperidade e abundância;
19. Recebe variados tipos de flores brancas;
20. Sua saudação é: Odo Iyá Iemanjá! Odo Fiabá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário